Audiovisual


A


 

A criança e a discriminação | Ivone Ferreira Caetano

Sinopse: “Há um conceito histórico na criação dos filhos no Brasil apresentado de acordo com as classes sociais, especialmente dos excluídos, tendo em vista os segmentos étnicos e sociais. As transformações e sedimentações da personalidade na infância dependerão do ambiente familiar e social no qual as crianças transitarem. Neste contexto a criança torna-se invisível e, especificamente, a criança negra, a quem era imposta a cultura do silêncio, gerando fugas e suicídios, inclusive analfabetismo. Os resquícios da escravidão e seus efeitos repercutem até hoje. Neste Café Filosófico, a desembargadora Ivone Ferreira Caetano discute a criança e a discriminação racial e social.”

 

 

 

As Tranças de Bintou

Sinopse: “Resolvi contar essa historinha infantil de Sylviane A. Diouf, que antes estava disponível apenas em PDF, transformando-a em um vídeo educativo que poderá ser passado em sala de aula com DVD ou computador, diversificando e conhecendo um pouco mais de cultura africana. Trabalhei ele com meus alunos e obtive um ótimo resultado!”

 

 


B


 

Biblioteca Náutica em Pilar (São Felix – Ba) [Olhar Orgânico]

Sinopse: “Biblioteca Náutica – O projeto tem a finalidade de gerar análises e reflexões acerca da cultura e das dinâmicas sociais existentes entre os estudantes e agentes educacionais e culturais da Baía de Todos os Santos, a partir da difusão do acesso à leitura, da contação de histórias e da disponibilização de livros e imagens ligadas a cultura e a histórias locais, afro-brasileiras e africana. Olhar Orgânico compreende que os momentos devem continuar da forma mais natural possível, valorizando os aspectos originais de cada situação fazendo com que os instantes continuem conosco.”

 

 

 

BINO AND FINO (LEGENDADO)

Sinopse: “O programa Bino e Fino é sucesso de vendas em desenhos animados que ensina as crianças a respeito da áfrica de forma original. O estúdio de animação EVCL produz o desenho Bino e Fino em Abuja, Nigéria”.

 

Brincadeira das crianças guarani | Indigena Digital 

Sinopse: “Documentário produzido pelos jovens da Aldeia Piraí, no município Guara Mirim – SC, durante as oficinas do Projeto Indígena Digital”

 

 

 


B


CULTNE DOC – Histórias do Pós-Abolição – Caroline & Camila – UNILAB

Sinopse: “Em 2018, completam-se 130 anos da abolição da escravidão no Brasil. A data articula uma série de significados atribuídos, questionados e disputados por diferentes sujeitos sociais do passado e do presente; oferecendo motivos suficientes para a realização de amplos debates públicos a respeito. O cenário permite ainda que as reflexões extrapolem os limites rígidos sugeridos pelo marco cronológico do 13 de Maio, bem como possam ir além das especificidades da experiência nacional brasileira. Encarando esse desafio, o Grupo de Trabalho Emancipações e Pós-Abolição (Gtep), da Associação Nacional de História (Anpuh), criado em 2013, receberam estudantes de graduação e pós-graduação, professores/as da Educação Básica e de Ensino Superior e demais pesquisadores/as no II Seminário Internacional Histórias do Pós-Abolição no Mundo Atlântico?. O encontro aconteceu entre os dias 15 e 18 de maio de 2018, nas dependências da Fundação Getúlio Vargas (FGV), no bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro. Cultne com imagens e edição de Filó Filho, Alexandre Dias e Carlos Alberto Medeiros registraram o evento. Na oportunidade, Cultne ouviu Caroline Lima dos Santos, Licenciatura em História – UNILAB; e Camila Alves Rosa, bacharelanda em Humanidades – UNILAB. A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB) é uma instituição de ensino superior pública federal brasileira, sediada na cidade de Redenção, no estado do Ceará. Redenção foi escolhida por ter sido a primeira cidade a abolir a escravidão no Brasil. Os cursos ministrados na UNILAB são preferencialmente em áreas de interesse mútuo do Brasil e dos demais países da CPLP, com ênfase em temas que envolvam formação de professores, desenvolvimento agrário, processos de gestão e saúde pública, Engenharia e outros. Unilab é voltada aos países da África, sobretudo aos PALOP, mas inclui também Timor-Leste e Macau. Seu projeto político-pedagógico é ousado assim como o da Unila e o da Uniam, visando a integração internacional. Segundo o professor Paulo Speller, presidente da Comissão de Implantação da Unilab. “No primeiro ano (2010), a Universidade teve 350 alunos, oriundos do Brasil e de outros países de língua portuguesa, como Portugal, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Moçambique e Timor-Leste.” A UNILAB possui um campus fora do Ceará. Localizado em São Francisco do Conde, na Bahia, ele funciona com convênios de cooperação técnica com os futuros campi de Camaçari da UFBA e de Feira de Santana da UFRB. A unidade foi inaugurada em 12 de maio de 2014.”

 

 

 

 


E


 

EMPODERADAS [ANA FULO]

“‘Empoderar’ é a palavra de ordem, seu uso se tornou recorrente ….é como se agora encontrássemos uma palavra que traduz a força das nossas ações…e revelasse a intenção por trás de nossas falas. Antes mesmo de nomear….Agimos…de forma singela ou incisiva. Direção: Joyce Prado”.

 

 

 

EMPODERADAS [ MC SOFFIA ]

“Empodere uma criança e empoderará o mundo”… diz a celebre frase solta nas redes sociais, mas, ao ver o trabalho da MCSoffia , a frase deixa de ser solta e torna-se coesa, urgente, verdadeira e multiplica-se em poesia, rima, ritmo, cultura, respeito e busca por suas raízes. “Eu já quis ser branca, minha mãe quase surtou (…) Através da minha música quero que outras crianças sejam livres. Dirigido por Renata Martins”.

 

 

Elis MC – Vem dançar com a Elis

“Vem dançar com a Elis Artista: Elis Mc Direção: Renata Morais e Matheus Duboc Produção Musical: Matheus Duboc Letra: Luis Marques Beat: Jeff Jeff Edição: Matheus Duboc Produção: Ednilson Cantanhede Produção Geral: 44Meia Produções Filmagem: Matheus Duboc e João Victor Silva Drone: Gabriel Guerra Foto: Italo Amorim e Vinny Tavares Coreógrafos: Luis Marques e Jeff Antonio Boneco: Patrique Silva e Marcelinho Stylo: Renata Morais Hair e Make: Marilia Gabriela – Affro Divas Apoio: Paulo Brin, Sandri Sá,Thiago de Paula. Carlos Sá, Andrea Gomes Parceria:Natu Hair Lojas Kings Rio de Janeiro, Pistol Star e Doçuras da Bell Single disponível nas principais plataformas #Amenorébraba

 

 

 


H


Histórias Animadas – A Cor da Cultura – Bruna e a Galinha d’Angola

Sinopse: “Contribuição para os alunos do Curso Procedimentos Didático-Pedagógicos Aplicáveis em História e Cultura Afro-Brasileira- UFRGS.”

 

 

 


K


 

KIRIKOU E A FEITICEIRA

Sinopse: “É um longa-metragem de animação franco-belga de 1998 dirigido por Michel Ocelot. Na África Ocidental nasce um menino minúsculo, cujo tamanho não alcança nem o joelho de um adulto, que tem um destino: enfrentar a poderosa e malvada feiticeira Karabá. Para isso, Kirikou enfrenta muitos perigos e se aventura por lugares onde somente pessoas pequeninas poderiam entrar”

 

 

 


L


 

LIVROS ANIMADOS – CANAL FUTURA

Sinopse: “É um programa de incentivo à leitura, voltado para público infantil, com formato que mistura documental e a animação de livros através de computação gráfica.O público alvo tem entre 5 e 9 anos. A ideia de incorporar a série ao projeto A Cor da Cultura vem da constatação de que literatura infanto-juvenil é um lugar reconhecido de influência social e construção de conceitos”.

 

 

Livros Animados II | Ep. 01: Os Ibejis e o Carnaval / Adamastor, o Pangaré

Sinopse: “Livros Animados é um programa de incentivo à leitura, voltado para público infantil, com formato que mistura documental e a animação de livros através de computação gráfica. No documental são realizadas atividades lúdicas com um grupo de crianças servindo como introdução e/ou desfecho para a história dos livros. O público alvo tem entre 5 e 9 anos e um grupo de dez crianças dessa mesma faixa etária participa de dinâmicas ao lado da apresentadora Vanessa Pascale. A ideia de incorporar a série ao projeto A Cor da Cultura vem da constatação de que literatura infanto-juvenil é um lugar reconhecido de influência social e construção de conceitos. O projeto, que já está na sua terceira edição, valoriza as histórias cujos personagens centrais sejam negros e que remetam a uma imagem positiva dessa enorme população, que muitas vezes não se reconhece ao abrir um livro ou assistir a um programa televisivo.”

 

 

 


M


MC Soffia – Menina Pretinha

“lipe oficial da música: Menina Pretinha Ficha Técnica: Diretor: Vras77 Assistente: Washington WTO Tag Venturisação: Bonga Produções Marcas parceiras: Bonecas Makena, Crespinhos SP (figurinos e maquiagem ), Divas Cabelos Naturais (cabelo). Local de gravação: Pedra do Sal – Rio de Janeiro Nome da Música: Menina Pretinha (Denna Hill, James Bantu e Mc Soffia) Produção – Kamilah Pimentel Elenco Agência: Crespinhos AS Produção Musical: Beat Renan Diamante Master e Mixagem: Estúdio El Rocha Apoio Cultural – Prêmio Hip Hop – Funarte Agradecimentos: James Bantu, Denna Hill, Chellmi Jep, Renata Moraes, Kamilah Pimentel , Lucia Makena (avó), Potira Caruana(tia), Yasmim Bianco, Surabhi e Eduardo Brechó, da Banda Alafia.”

 

 

 

 

Mesa-redonda “Dez anos da Lei 10.639/03: balanços e perspectivas” [2013]

Sinopse: “Visite nosso site: www.brasilafrica.fflch.usp.br Mesa-redonda “Dez anos da Lei 10.639/03: balanços e perspectivas”, com Nilma Lino Gomes (UFMG) e Petronilha Gonçalves (UFSCar), organizada no dia 19 de abril de 2013 pelo NAP Brasil África. A lei 10.639/03 tornou obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana nas redes públicas e particulares da educação fundamental até o ensino médio.”

 

 

 

MEMÓRIA DOS BRASILEIROS COM VANDA MACHADO 

“Entrevistada:  Vanda Machado Entrevistado por: Julia e Winny Choe Local: Piaçabuçu 05/10/2007 Realização: Museu da Pessoa”.

 

 

 

MOJUBÁ – PROGRAMAS DE SEIS EPISÓDIOS DO A COR DA CULTURA

Sinopse: “As religiões do mundo tentam explicar os mistérios da vida: de onde viemos? Para onde vamos? Voltado ao público Juvenil e para formação de professores”.

 

 

 


N


 

Nação | TVE – Autoestima da criança negra

Sinopse: “O programa Nação aborda a autoestima da criança negra. É quase sempre na infância, quando ainda acreditamos que somos todos iguais, que descobrimos que somos negros e o que isso significa. A rejeição de alguns amiguinhos. A discriminação disfarçada de piadas e brincadeiras. Além da falta de referências que vão desde os contos de fada, passando pela mídia, até situações simples do cotidiano. Mesmo sem saber o que é preconceito racial, nos vimos obrigados a enfrentá-lo. E se já é difícil na fase adulta quando temos tamanho suficiente para isso, com os pequenos o racismo consegue ser ainda mais cruel. Por isso, o Nação mostra a importância da formação étnica das crianças negras e o empoderamento que está começando cada vez mais cedo. Programa exibido em 18/11/2015. (parte fixa)Para ver mais conteúdos extras do programa Nação acesse tve.com.br/programas/nacao/saiba-mais/ Sobre nós: o Nação é um programa semanal de TV que apresentas temas relacionados à história, à cultura e à diáspora africana.Produzido pela TV pública do Rio Grande do Sul (TVE/RS), o Nação também é transmitido em rede pela TV Brasil para todo o país e para países da América e da África.”

 

 

 


O


 

O FILHO DO VENTO

Sinopse: “Da série Livros Animados, em domínio público, que apresenta o conto infantil de Rogério Andrade Barbosa, ilustrado por Graça Lima, sobre as tradições africanas”.

 

 

 

OXUM E SUA DANÇA (LENDA)

 


P


 

PALAVRA CANTADA

África (Sandra Peres / Paulo Tatit / Arnaldo Antunes) “Roda Africana”, música “África”, faixa do livro “As Melhores Brincadeiras da Palavra Cantada”, da Palavra Cantada.

 

 

 

Peppa NÃO! – Resenha | Ana Paula Xongani

Sinopse: “Olá minha gente tudo bem? hoje eu trouxe a resenha do livro Peppa da Silvana Rando. Não, ele não é uma boa referência para os nossos pequenos, saiba porque. Acompanhe-nos nas outras redes sociais: Meu face: Ana Paula Xongani Face da Xongani: Xongani Moda Afro Meu instra: @anapaulaxongani Instra Xongani: @xongani Snapchat: anapaulaxongani LOJA XONGANI: www.xongani.com.”

 


S


Ser Professor em Moçambique

Sinopse: “Ser ‎professor‬ é uma tarefa de amor. Assista a este vídeo que mostra a realidade de ser professor em Moçambique, que partilhamos alusivo ao Dia Mundial dos Professores, que se celebra todos anos no dia 5 de Outubro.”

 

 

 


T


Toca TV – Sueli Carneiro [2017]

Sinopse: “O ratinho Bartô entrevista Sueli Carneiro, do Geledés Instituto da Mulher Negra, e aproveita para entregar o Prêmio Itaú Cultural 30 Anos! Sueli explica como funciona o Geledés e fala da injustiça, da discriminação e da falta de protagonismo das crianças negras nas histórias infantojuvenis. TocaTV é a seção de entrevistas do site O Mundo de Bartô, do Itaú Cultural. Em cada vídeo, o ratinho conversa sobre arte, cultura e outros assuntos. Acesse O Mundo de Bartô: http://www.itaucultural.org.br/barto. Assista a outros vídeos da Toca TV: https://bit.ly/TocaTVBarto.”

 

 

 

 

Triplets Ghetto Kids

Sinopse: Grupo de dança de Uganda (Continente Africano)

 

 

 


V


 

VISTA MINHA PELE

Sinopse: “Filme “Vista minha pele” criado pelo MEC a fim de abordar a questão do preconceito racial. Nesta história invertida, os negros são a classe dominante e os brancos foram escravizados. Maria é uma menina branca, pobre, que estuda num colégio particular graças à bolsa de estudo. A maioria de seus colegas a hostilizam, por sua cor e por sua condição social, com exceção de sua amiga Luana, filha de um diplomata que, por ter morado em países pobres, possui uma visão mais abrangente da realidade”.